Ideias para otimizar os ônibus

Gazeta do Povo 25/09/2011

Feira reúne novidades que tentam driblar problemas encontrados por gestores do transporte coletivo

Melhorar o funcionamento do transporte coletivo é um dos principais desafios para os gestores municipais. Enquanto os sistemas públicos perdem a qualidade, os usuários migram para o carro e tornam a mobilidade urbana impraticável. Algumas das soluções viáveis são a otimização da frota, o controle de fraudes e medidas para evitar perdas desnecessárias em razão do vandalismo. Essas e outras iniciativas integram a Feira Transpúblico, um espaço para negócios organizado na capital paulista, que segue até amanhã e abre o 25.º Seminário Nacional da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos.

Uma das principais reclamações dos gestores de empresas de transporte público é relacionada às gratuidades para idosos e estudantes. Mesmo com a implantação do cartão-transporte, no caso de Curitiba, muitos usuários deixam que o seu benefício seja usado por outras pessoas. Com a intenção de vincular o cartão-transporte ao proprietário, o grupo de tecnologia Digicon criou uma máquina que valida a passagem apenas quando o usuário a confirma com a digital, por meio de um sistema biométrico. “Dessa forma, o empresário confirma que a gratuidade está sendo usada de forma regular”, diz Elton Barcelos, coordenador comercial da empresa.